Quando falarem: isso é coisa de mulher, agradeça!

10:21

Já se foi o tempo em que eramos só mães e criadas para o lar, que aguentávamos as piadinhas de que "mulher no transito é perigo constante", que aceitávamos ouvir caladas "isso não é coisa de menina", muita coisa mudou e ainda assim tem gente que acha bobagem ir a luta e correr atrás dos nossos objetivos. Nesse dia da mulher escrevo para as leitoras que acima de tudo aguentam firme e forte o tranco, para aquelas que ainda não conseguem sair de relacionamentos abusivos, para aquelas que várias vezes já pensaram em desistir da vida por N motivos e seguiram, para as mulheres presas em corpos masculinos, para aquelas que comemoram seu primeiro dia como mulher, aquelas que dormem três horas por noite e olhe lá pois tem tanta coisa pra fazer que seria melhor ser duas...
Que sejamos amigas e possamos andar juntas na rua escura, que a gente possa oferecer carona quando avistarmos outra mulher sozinha no ponto de ônibus. No Brasil somos 51% contra 49% de homens e mesmo assim só nos primeiros dez meses de 2015 foram registradas 63.090 denuncias de violência contra a mulher, repito, que sejamos amigas e não competidoras! Afinal estamos juntas! 
Nesse ritmo lindo de dia da mulher trago para vocês as ilustrações maravilhosas da Raquel Vitorelo que trabalhou justamente em cima do tema Coisas de Mulher quebrando o termo pejorativo, junto de cada ilustração vem um acompanhamento que retrata um pouco da geniosidade de cada uma, as maravilhosas abaixo quebram todo tipo de esteriótipos que ainda possam existir, abram suas mentes, pois
ilustração+feminista
Maria Quitéria 
Apelidada de "Joana d'Arc brasileira", Maria Quitéria pediu ao seu pai permissão para se alistar no exército para a luta da independência brasileira. Seu pai disse não e, é claro, ela foi mesmo assim: cortou os cabelos, vestiu as roupas do cunhado, e ficou conhecida como Soldado Medeiros. Seu pai descobriu isso poucas semanas depois, mas o comandante do batalhão de Maria não deixou que ela fosse embora por ser uma excelente soldada. 
Marie Curie (1867 - 1934)
Cientista francopolonesa, recebeu o Prêmio Nobel duas vezes: primeiro um de Física, junto de Pierre Curie e Antoine Becquerel, por descobertas no campo da radioatividade, e depois de Química, com as descobertas do Rádio e do Polônio.
ilustração+feminista
Ada Lovelace (1815 - 1852) 
Chamava seu método de “ciência poética”: para ela, a matemática era algo criativo, que ela descrevia através de metáforas. 
Hedy Lamarr (1914 - 2000) 
Foi uma atriz e inventora nascida na Áustria e radicada nos Estados Unidos. Sua carreira de atriz foi um tanto polêmica devido a cenas de nudez que interpretou. Foi também inspiração para a Branca de Neve de Walt Disney. Como inventora, desenvolveu junto de seu amigo George Antheil, pianista e compositor, um sistema de comunicação que varia as frequências de rádio de modo a esconder mensagens de guerra. Seu sistema proporcionou o Wifi e o Bluetooth 
Anita Garibaldi (1821 - 1849)
Participou da Batalha de Curitibanos, na qual foi capturada e fugiu; depois, em Montevidéu, apoiou a revolta contra o ditador Fructuoso Rivera; na Itália, lutou pela independência.
Malala Yousafzai
É a mais jovem ganhadora do prêmio Nobel da Paz. Nasceu em 1997 no Paquistão, onde atualmente há grande influência do talibã. Aos 11 anos, por convite de um jornalista, começou a escrever um blog chamado “Diário de uma Estudante Paquistanesa”. Isso lhe rendeu certa notoriedade, e logo daria entrevistas e participaria de um documentário. Aos 15 anos foi alvo de um ataque do talibã, sendo baleada na cabeça. Recuperada, hoje mora e estuda na Inglaterra. Apesar de continuar recebendo ameaças, Malala se posiciona publicamente contra a guerra e a favor do direito à educação e dos direitos das mulheres.
ilustração+feminista
Frida Kahlo (1907 - 1954) 
Foi uma pintora mexicana. Sua arte já foi descrita como folclórica, surrealista, primitiva e moderna. Para Frida, que abandonou a medicina para pintar, sua arte era simplesmente sincera sobre a sua realidade. Frida viveu uma vida intensa de forma política, artística, e livre.
Marta Vieira da Silva 
Foi por cinco vezes consecutivas premiada como a melhor jogadora de futebol do mundo. Recentemente se tornou a maior goleadora das Copas femininas


Que possamos daqui para frente sempre ganhar respeito nesse dia e que sempre sejamos cada vez mais fortes, as flores murcham, a luta não.

Aproveite e olhe também

30 comentários

  1. "As flores murcham, a luta não" ♥♥
    Que post incrível, quantas mulheres incríveis, que ilustrações incríveis ♥
    Me lembrou de uma peça que assisti ano passado chamada Insubmissas, que debatia como as mulheres são desvalorizadas na ciência. Muito boa! Inclusive, tinha a Marie Curie como uma das personagens :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh que legal, moro no fim do mapa e por aqui é difícil ter qualquer tipo de peça! }:

      Excluir
  2. Oii, adoreei e adorei o blog também, já estou te seguindo, se puder me ajudar com o meu, agradeço, bjos.

    http://yuugracindo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente: caramba, que ilustrações mais lindas!
    Segundamente: não conhecia a história de algumas destas mulheres maravilhosas, mas sem dúvidas me sinto inspiradas pelas que eu já conhecia e agora vou ter ainda mais inspirações para continuar lutando pela minha liberdade.
    Seu post ficou sensacional, nem tenho palavras para dizer o quanto gostei. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aiii obrigada, fiquei maravbilhada com as ilustrações e tive que trazer para cá <3

      Excluir
  4. Muito legal , incríveis as ilustrações, somos guerreiras e lutamos por tudo , jamais desistir , arrasou ♥
    yeahvouarrasar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Seu texto ficou lindo, muito bem escrito...

    ResponderExcluir
  6. Que proposta maravilhosa desse post. Parabéns. <3
    As ilustrações também estão absurdas. É uma pena que, nem sempre, muitas mulheres tenham a chance de se destacar em algo, ainda bem que, mesmo que falte muito, o mundo está andando para permitir que isso aconteça. (embora o Brasil às vezes pare feio nisso tudo.)

    Beijos.
    Kamylla Prado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que possamos exaltar os feitos das mulheres em busca sempre de algo melhor, beijão!

      Excluir
  7. Sensacional! Fazer coisas como "mulherzinha" não é ofensa. Faço tudo que nem mulher mesmo, afinal eu sou mulher!
    Parabéns pelo post incrível! Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Amei essa lista de inspirações e que post hein?? Juntas somos mais fortes!!
    Grande beijo,
    www.parisdepriscila.com

    ResponderExcluir
  9. Com certeza... coisas de mulheres não é para qualquer um, ai se todos fossem como mulheres... pena que não sobrariam quem sobressairíamos. Gostei muito da escola para ser falado, parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Estava precisando vler mais posts como o seu que fale sobre a luta constante das mulheres, de todo o sofrimento que passam para fazer valer NOSSOS direitos. Precisamos empoderar nossas manas o tempo todo. Seu blog é maravilhoso, simplismente amei! Beijos!!! http://charmosando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Que post maravilhoso. Cresci em uma casa onde por vida as pessoas possuíam pensamentos machistas, daqueles de "pq eu faço e meu irmão não faz" "pq ele é homem" (arrumar casa); fora tantos outros exemplos!! Hoje vejo o quanto isso acaba com uma pessoa e a faz tornar um ser dependente e que acha q n deve realmente fazer nada. Tenho filho e espero fazer dele um homem consciente de que seu papel no mundo é de ajudar e n querer ser superior a mulher pelo seu sexo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, as crianças do nosso futuro que serão a solução, espíritos cheios de amor!

      Excluir
  12. Post mais que perfeito!
    Cresci jogando bola, vídeo game com os meus amigos/primos, sempre gostei de futebol e cansei de ouvi "isso não é coisa de mulher", já fui até proibida de jogar futebol na escola só porque o time era só de meninos mas é muito bom saber que hoje em dia as coisas estão mudando (ainda não está 100%) mas já é um bom começo. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade, toda vez que alguém da minha família me encontra fala que eu não sou feminina só por que eu não uso brinco, já fui proibida também de andar com os meninos... que o futuro seja melhor!

      Excluir
  13. MINHA FRIDA!!! Quanto amor em um post só. Você tirou todas as palavras da minha boca. Achei incrível a forma como vc posicionou todas essas mulheres maravilhosas. To digitando com os pés pq estou usando as mãos para aplaudir. Já vou te colocar na listinha de blogs q devo visitar sempre. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eiiiiiita coisa boa!
      vem mesmo que eu to esperando

      Excluir
  14. Que texto maravilhoso, amei essas ilustras e realmente: coisas de mulher é coisa boa e temos muitos exemplos disso, muitos dos que você citou por exemplo e fora os exemplos de mulheres guerreiras do dia a dia né? que não tem ajuda alguma para cuidar de filho, trabalham fora e em casa, infelizmente isso está a anos luz do ideal, mas essas mulheres (como minha mãe) não desistem e nos dão a maior lição de todas: somos capazes de qualquer coisa.

    Amei o post, beijinhos.
    Iza do Peixinho Geek

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com toda certeza, ser mulher é ser tudo ahah
      beijão!

      Excluir
  15. Eu sinceramente não sei o que dizer, mão a como não se inspirar para lutar por algo maior depois de ler esse texto e ler sobre mulheres tão incríveis e extraordinárias, mas sabendo que as mulheres do nosso dia a dia são maravilhosas e verdadeiras guerreiras.

    Posso amar o blog e o post? Quer saber? Já amo!

    Beijos da Day!

    algoparaguardar.com

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pelo seu texto e pelas palavras.
    Mulheres unidas, jamais serão vencidas!

    Xoxo :*
    www.isabelamingues.blogspot.com.br

    ResponderExcluir